quinta-feira, 15 de novembro de 2007

A CERTEZA DAS INCERTEZAS

Vilemar F. Costa

Admitindo-se que o fundamento da alma individual se aparenta com o Fundamento Divino de toda existência, ou que o espírito de cada um é idêntico a Ele;

Admitindo-se a criação como imagem e semelhança a Ele;

Admitindo-se que esse Fundamento Divino manifestado é o Logos Encarnado;

Resta a questão: qual a natureza última do bem e do mal entranhados no ser, e qual o verdadeiro propósito e fim último da vida humana?

O homem é produto da acidentalidade durante a criação ou parte momentânea no projeto do que será o universo futuro?

Ou será fruto súbito do relance de um fugaz ponto?

Ou será um fugaz relance do ponto de equilíbrio de Treva e Luz?

Ou será que o que está na Treva e o que está na Luz se reconciliam no homem?

Na certeza, estas dúvidas revoluteiam o carma, o livre arbítrio, a ignorância, o sofrimento a miséria e a dor.

Vilemar F. Costa

“A certeza da certeza não raro faz o louco gritar” ( Lobão – cantor e compositor de pop-rock.)

Nenhum comentário: